[Resenha] A Mais Pura Verdade

terça-feira, março 24, 2015

Título: A Mais Pura Verdade
Título Original: The Honest Truth 
Autor: Dan Gemeinhart
Editora: Novo Conceito
Ano: 2015
Páginas: 219
Nota: 



"Mas, quando você tira uma foto, aquele momento não passa. Você o prende. É seu. Você pode guardá-lo"

Final do mês de fevereiro, nós recebemos o primeiro envelope da parceria com a editora Novo Conceito, e dentro do envelope, havia os primeiros capítulos do livro A Mais Pura Verdade. Uma quinzena depois, chegou o livro todo lindo e maravilhoso (junto com os outros lançamentos do mês de março). Mal chegou já comecei a ler, e como eu vivo dizendo aqui, nossos dias andam muito corridos então só consegui terminar de ler ontem à noitinha.



Bom, agora vamos falar da história. Esse livro conta a história de um garoto de 12 anos chamado Mark, que tem câncer. E como se não bastasse ele ter uma doença grave, seu câncer está em estágio avançado, e tem piorado nos últimos tempos. Então ele resolve fugir.
Mark sempre teve um sonho: escalar a uma montanha, nem que seja a última coisa que ele faça na vida. Assim, com a companhia do seu cachorro Beau, e alguns objetos como sua máquina fotográfica (porque ele adora tirar fotos), um caderno e uma caneta (porque ele gosta de escrever haicais), equipamento de alpinismo, remédios e uma passagem de trem, ele vai em direção ao Monte Rainier. 
Ao longo das páginas então, enfrentamos junto com Mark, a sua aventura e tudo o que ele tem que passar pra chegar ao seu objetivo.

Em vários momentos da narrativa, eu perdi o fôlego e me emocionei com tudo o que acontece. Fiquei imaginando uma criança de doze anos com câncer e sozinha, só com a companhia de um cãozinho (por mais fiel e lindo que seja) andando por 423 km em direção à uma montanha no meio de uma tempestade. Imaginei-me no lugar dele, no lugar dos pais e no lugar da melhor amiga que tinha que decidir se contava ou não onde seu melhor amigo foi... Fiquei muito surpresa com tudo, superou minhas expectativas e me deixou morrendo de vontade de cuidar do Mark e ter um cachorro lindo e maravilhoso e fiel e incrível como o Beau. Essa é a mais pura verdade. Amei o final, surpreendente, nunca esperaria que o que aconteceu, aconteceria haha. Além de me surpreender, me fez pensar muito na minha própria vida, o que acho muito bom em um livro.

No decorrer das páginas, lemos a história por dois pontos de vista pois o livro tem dois tipos de capítulos: os capítulos "inteiros" (como 1, 2, 3, etc) que são narrados em primeira pessoa pelo Mark, onde ele nos conta toda sua aventura à caminho do Monte. E os capítulos "metades" (como 1 1/2, 2 1/2, 3 1/2, etc) que são curtinhos e narrados em terceira pessoa, contando como a melhor amiga de Mark, a Jessie, e os pais de Mark estão se sentindo e como estão procurando-o.
Nos capítulos que contam com a visão de Mark, mostra-se quantos quilômetros faltam para ele chegar no pico da montanha, o que achei bem legal. As páginas de início de capítulo são as da foto abaixo - achei bem meigo e bem organizado. A capa é simples e linda, e a rachadura faz total sentido com a história! 


Indico o livro a todo mundo porque é muito apaixonante!!! <3



BOOK TRAILER

You Might Also Like

0 carinhos.

Deixe um comentário, ele é importante pra nós. Mas primeiro, leia o post, por favor!

Obrigada!