2015

[Resenha] Vango: Entre o Céu e a Terra

segunda-feira, junho 29, 2015

Título: Vango:  Entre o Céu e a Terra
Título original: Vango: Entre ciel et terre
Autor: Timothée de Fombelle
Editora: Melhoramentos
Ano: 2015
Páginas: 360
Nota: 



“Ele olhava a multidão: tantas histórias numa plataforma. E já sentia uma janelinha se abrir dentro dele [...] Nesse instante, compreendeu o que o padre lhe tinha dito. Antes de tudo era preciso ver o mundo, Ele sentiu o poder de um rápido encontro. Vidas que se afetam com apenas um esbarrão, por que passam pela outra com mais ímpeto.”

Salvar a pele e, ao mesmo tempo, descobrir a própria identidade. Este é o grande desafio de Vango, o jovem herói do novo romance do premiado escritor francês Timothée de Fombelle. Ao ler esse thriller histórico, ambientado no conturbado período entre as duas grandes guerras mundiais, somos impelidos a fugir com Vango pelos cinco continentes, num clima de absoluto perigo e suspense. Este rapaz órfão de 19 anos desconhece sua origem assim como desconhece a motivação do franco atirador que, além da polícia, está em seu encalço. 

Deparamo-nos com Vango na solenidade em que ele e outros seminaristas seriam ordenados padres na suntuosa catedral de Notre-Dame, em Paris. O assassinato do padre Jean, seu protetor, desencadeia a perseguição ao rapaz, que empreende uma fuga espetacular ao escalar nada menos do que os famosos vitrais da catedral. Essa cena é apenas um exemplo do clima de perseguição e aventura de que é feita toda a narrativa, quando acompanharemos nosso protagonista em situações e lugares improváveis – como um intruso escondido num caça da SS, galopando nas Terras Altas da Escócia, dependurado num vulcão italiano ou sobrevoando o Brasil e vários outros lugares num zepelim.
O fracasso em não ter sido ordenado padre deixa nosso herói arrasado, mas a jovem Ethel fica bem feliz. É ela quem vai ajudar Vango a provar sua inocência e descobrir sua identidade. Também fazem parte da saga outros personagens marcados por vidas cheias de segredos, como Mademoiselle, a senhora poliglota e sem memória com quem Vango é salvo do naufrágio na costa da Sicília aos três anos de idade e Hugo Eckner, personagem verídico, comandante alemão do Graf Zepelin, esse grande dirigível que fascinou o mundo nas primeiras décadas do século XX. Outras personalidades incorporadas à história são Joseph Stalin, sua filha Svetlana e Adolf Hitler.

O ritmo acelerado, o uso da narrativa em flashback e as descrições cinematográficas de diferentes lugares e temporalidades impressionam. Ficamos lado a lado com os personagens da história, enfrentado os mesmos desafios. Fruto de uma minuciosa pesquisa em arquivos históricos, a referência aos acontecimentos dos anos 1930 nos dá a oportunidade de conhecer o significado dos regimes totalitários naquele período, ajudando-nos a refletir sobre política, liberdade de expressão e direito às diferenças em nossos dias.


Gente do céu, como começar essa resenha????????? Eu amei esse livro! Tem ação, romance, aventura, mistério, enfim... Tudo o que há de bom na literatura.
O livro é narrado em terceira pessoa, o que permite que saibamos de tudo - tudo mesmo - o que está acontecendo em cada momento, já que o narrador é onisciente. Sei que muitas pessoas preferem histórias em primeira pessoa, assim como eu (em parte), mas a graça desse livro é justamente a narrativa. Conseguimos acompanhar não só a vida de Vango, como também toda a investigação policial e os passos dos outros personagens. Se fosse um narrador-personagem, muito provavelmente o mistério que gira em torno de Vango não existiria, e aí a história seria completamente sem sal.
Bem, eu demorei mais do que o planejado pra terminar esse livro, mas com os estudos ficou um pouco difícil. Além do mais, ele requer muita atenção na leitura, senão você se perde em meio a tantos personagens, lugares, datas, etc. Não que isso seja um defeito, mas sem tempo a leitura não flui. Mas quando flui... ai ai... você não vai mais querer desgrudar os olhos da obra até que chegue na última página, hehe.
Agora vamos falar do autor: Timothée de Fombelle, já sou sua fã!!! Você escreve muito bem!!! (Como se ele estivesse realmente lendo minha resenha, né?) Gente, sério, ele é maravilhoso! Não tem como não se encantar com a sucessão que ele dá aos fatos e com o ritmo que ele dá à narrativa. E quanto ao final... Bem, é meio complicado dizer, porque como tem continuação, o desfecho desse primeiro volume deixa coisas em aberto para o segundo. Mas isso é ótimo! Posso curtir um pouco mais o mistério da trama até que Vango - um Príncipe sem Reino seja lançado e eu possa enfim desvendá-los. Só espero que não demore muito!

Beijinhos, té
LEIA MAIS... »

2015

[Resenha] A Lista

quinta-feira, junho 25, 2015

Título: A Lista
Título original: One hundred names
Autora: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito 
Ano: 2015
Páginas: 380
Nota: 


"Todo indivíduo em qualquer parte do mundo tem uma história extraordinária para contar."



Prometo que dessa vez não começo a resenha pedindo desculpa pelo nosso sumiço (mas desculpem-nos) haha.
Recebemos esse livro da nossa parceria com a editora Novo Conceito, e há muito tempo estou interessada nele!
O livro, que é  narrado em terceira pessoa, conta a história de uma jornalista chamada Katherine Logan, que depois de um erro muitíssimo grave, passado num programa da TV onde ela foi suspensa, se apresenta agora como Kitty Logan para outras pessoas para esconder a vergonha, a humilhação que passou e as lembranças que seu nome traz.
Ao mesmo tempo que isso acontece, sua melhor amiga Constance, que é diretora da revista  Etcetera onde Kitty trabalha, morre de câncer de mama e deixa uma matéria desconhecida, que ela só comentou com Kitty na última vez que elas se viram. E em uma reunião dos funcionários da revista para fazer uma homenagem à Constance, Kitty dá a ideia de publicarem sobre essa matéria. O único problema é que ninguém faz ideia do que se trata, pois tudo o que Constance deixou foi uma lista com cem nomes, completamente desconhecidos para todos. 
Com um prazo muito curto, Kitty tenta descobrir quem são essas pessoas e qual é a ligação entre elas. 
Ela não consegue encontrar todas as cem pessoas, mas assim que conhece algumas, ela descobre o que elas têm em comum - e no final, descobrimos que é algo maravilhoso!

A capa do livro é simplesmente linda, com detalhes em verniz e a parte de dentro da capa é roxinha, o que me deixou apaixonada! Houveram alguns pequeninos erros de revisão, mas nada que atrapalhe a leitura. Todo início de capitulo tem um detalhezinho meigo mas a história...
Cecelia Ahern foi espetacular nesse livro! Ela teceu cada personagem, com uma graciosidade incrível. Cada personagem, cada nome, é único. Cada pessoa que Kitty entrevistou, apesar de não serem pessoas famosas ou conhecidas, tem uma história única. E com cada um, a gente aprende grandes lições.
Com esse livro, a gente meio que "se toca" que temos que parar de julgar os outros e achar que só nossa vida importa. Ao nosso lado, sempre existirão pessoas com histórias de vidas incríveis e exclusivas, e elas merecem atenção. E é bom ouvir a história das pessoas, a gente pode aprender muita coisa!
Recomendo o livro pra quem quer se tornar uma pessoa melhor, e pra quem quer ler um livro muito bem escrito!!

Beijocas, e até a próxima resenha ♥
LEIA MAIS... »

2015

Tag: Skoob - Minha estante virtual

domingo, junho 21, 2015

Oi geeeente! Hoje vou fazer uma tag chamada Skoob: Minha estante virtual, que vi no blog Um mundo chamado livros. Achei mais ou menos parecida com uma que eu já respondi, a Skoob, mas decidi respondê-la mesmo assim, hehe. Bem, vamos lá:


1. Quantos livros lidos você tem na sua aba LIDOS no skoob?
86. E não me pergunte se eu realmente cadastrei todos, hehe.

2. Qual livro você está lendo?
Vango: Entre o céu e a terra, de Timothée de Fombelle.

3. Quantos livros você tem na sua aba QUERO LER?
89 hahahahahah (reparem que é mais do que eu já li até hoje).

4. Você está relendo algum livro? Qual é?
Não... Pra falar a verdade eu não tenho esse costume, tanto que os únicos livros que reli até hoje foram O Pequeno Príncipe e A Pedra Filosofal.

5. Quantos livros você já abandonou? Quais são eles?
6: O Pálido Olho Azul (por falta de tempo mesmo, porque ele é muuuito bom), Um Pedido às Estrelas, Triste Fim de Policarpo Quaresma, A Hospedeira, Nárnia e De Volta à Cabana.

6. Quantas resenhas você tem cadastradas no skoob? 
Nenhuma, por incrível que pareça, haha.

7. Quantos livros avaliados você tem na sua lista? 
58.

8. Na aba FAVORITOS, quantos livros você tem registrados? Cite alguns.
"Só" 34, hehe. Dentre eles: Clube da Luta, Eu sou o Mensageiro, Como eu era antes de você, A Lista de Brett e Simplesmente Acontece.

9. Quantos livros você tem na aba TENHO?
133... E não me pergunte se eu realmente cadastrei todos, hehe. (2)

10. Quantos livros você tem no DESEJADOS
62................................

11. Quantos livros emprestados no momento? Quais?
NEEEEEEEENHUUUUUUUUUUUUUUUMMMMMMMMMMMMMM. Jamais.

12. Você quer trocar algum livro? Quais são?
Acho que no momento não, porque os que eu queria trocar eu já troquei (no sebo).

13. Na aba META, quantos livros você tem marcados? Cumpriu essa meta?
24. Ainda não, estou esperando minhas férias.

14. Qual é o número no teu paginômetro? 
24.919.

15. Qual é o link do teu perfil no skoob?

E aí, o que acharam? Se vocês tiverem skoob podem fazer a tag, é simples e rápida 
Beijocas, até a próxima!
LEIA MAIS... »

2015

Lançamentos NC: Junho

quarta-feira, junho 10, 2015

Olá pessoal! Viemos hoje mostrar os lançamentos do mês de junho da editora Novo Conceito! São livros in-crí-veis.
Autor(a): Timothy Lewis
Gênero: Romance
Nro Páginas: 240
ISBN: 9788581637365
Sinopse:
Para Adam, negociante de objetos usados, a casa de Gabe Alexander é apenas uma propriedade que será esvaziada e vendida pelo maior lance. Entretanto, em meio às prateleiras repletas de relíquias, um álbum antigo atrai sua atenção. Nele há cartões-postais amarelados pelo tempo, escritos ao longo de 60 anos. Intrigado, Adam começa a lê-los: eles estão cheios de frases românticas e delicadas, as provas do amor incondicional entre Gabe e Pearl Alexander.
Gabe cuidava para que um cartão chegasse às mãos de Pearl todas as sextas-feiras. Cada um deles possui não apenas um poema, mas verdades preciosas sobre o cotidiano de um casal que viveu um sonho. A soma de todas essas verdades talvez responda perguntas que Adam se faz há muito tempo.





Autor(a): Rebecca Serle
Gênero: Romance
Nro Páginas: 224
ISBN: 9788581637334
Sinopse:
Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagens no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.





Autor(a): JANDY NELSON
Gênero: Drama
Nro Páginas: 384
ISBN: 9788581636467
Sinopse:
Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia.
Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém.
Contado em perspectivas e tempos diferentes, EU TE DAREI O SOL é o livro mais desconcertante de Jandy Nelson. As pessoas mais próximas de nós são as que mais têm o poder de nos machucar.
-------------------------------------------------------
Gostaram de algum?? Amei todos <3 Não vejo a hora de chegarem para lermos e resenharmos aqui! Essa semana já sei resenha novinha! Fiquem ligados, beijocas!!!
LEIA MAIS... »