[Resenha] Apenas um Ano

quinta-feira, julho 23, 2015

Título: Apenas um ano
Título original: Just one year
Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Ano: 2015
Páginas: 352
Nota: 


“... Às vezes o destino ou a vida, ou seja lá como queira chamá-lo, deixa a porta entreaberta e você simplesmente entra. Mas, às vezes, ela tranca a porta e é preciso encontrar a chave ou arrancar o cadeado, ou colocar a porcaria da coisa para baixo. E, em outras vezes, nem mesmo lhe mostra a porta, e é necessário construí-la por conta própria.”

Em Apenas um Dia, os momentos de paixão entre Allyson e Willem foram interrompidos de maneira abrupta, lançando a jovem em um abismo de questionamentos e dor. Agora a história é contada pela voz de Willem. Sem saber exatamente o que o atraiu na garota de olhos grandes e jeito comportado, o rapaz inicia uma busca obsessiva por pistas que levem até a sua Lulu mesmo sem saber sequer o seu nome verdadeiro.
Enquanto tenta compreender o mistério que os separou, Willem se esforça para costurar relacionamentos desgastados e procura respostas para o futuro. Mais do que uma aventura de verão, o encontro em Paris significou para ele o início da vida adulta.

Apenas um Ano reúne todos os ingredientes de um romance imperdível: viagens, saudade, encontros, desencontros e amor.

Depois do final torturante de Apenas um Dia, eu não aguentava mais esperar por Apenas um Ano. Nessa obra, a história é a mesma, só que narrada por Willem. Então, bem... Esse foi o motivo, basicamente, de eu ter me decepcionado um pouco com o livro. Eu queria uma sucessão de fatos do primeiro volume, e me frustrei. O que eu esperava encontrar só irá acontecer em Just one Night - conto de cerca de 40 páginas, que será lançado somente em eBook (ARGHHHHH!!!!!!), e que mostrará o real desfecho da história.
Porémmmm, o livro é muito bom, gente. De verdade. Não é porque eu me enganei com o conteúdo da obra que ela deixa de ser espetacular. Esse é mais um exemplar que confirma a minha paixão pela escrita da Gayle Forman, e a capacidade dela de emocionar o leitor. *suspiros e mais suspiros*
Confesso que no início da leitura cheguei a pensar "por que a autora não pulou de vez pro final? Por que escrever um segundo livro contando a mesma história que o primeiro?" mas...... gente..... quando terminei o livro eu fiquei com a sensação de que sim, esse segundo volume era realmente necessário. Na visão de Willem, conseguimos unir pontas soltas e entender diversas coisas que aconteceram em Apenas um Dia. Sem falar que fiquei ainda mais apaixonada pelos dois personagens
Pois bem, leiam para tirar suas próprias conclusões. Não tenho como dizer qual dos dois livros é melhor, pois a história é quase a mesma e as duas narrativas, tanto de Allyson quanto de Willem, são apaixonantes. Enfim... os dois volumes se completam. Se você leu o primeiro, deve ler o segundo. E se você não leu nenhum dos dois, LEIA! Não sabe o que está perdendo.
Agora só me resta curtir minha depressão pós-leitura e aguardar o lançamento do terceiro livro (mesmo que seja em eBook)

Beijinhos, e até a próxima resenha!

You Might Also Like

1 carinhos.

  1. Esse livro parece ser incrível! Já li Apenas um Dia e estou ansiosíssima pra ler o segundo, meu Deussss!!!
    Adorei a resenha, flor!
    Bjs

    ResponderExcluir

Deixe um comentário, ele é importante pra nós. Mas primeiro, leia o post, por favor!

Obrigada!