[Resenha] A Queda dos Anjos
(Fim dos Dias #1)

terça-feira, abril 26, 2016

Título: A Queda dos Anjos (Fim dos Dias #1)
Título Original: Angelfall
Autora: Susan Ee
Editora: Verus
Ano: 2016
Páginas: 279
Nota: 

"Quando abro os olhos, a luz da manhã me faz desejar que eu não tivesse feito isso. Raffe está no sofá dele, me observando com seus olhos azuis-escuro. Engulo em seco, de repente me sentindo estranha e desgrenhada. Ótimo. O mundo acabou, minha mãe está lá fora com as gangues, mais louca do que nunca, minha irmã foi sequestrada por anjos vingativos, e eu estou preocupada que o meu cabelo esteja oleoso e meu hálito esteja ruim."


     Gente, adorei esse livro! Não vejo A HORA de lançar a continuação... Alô Alô, Galera Record!
    A primeira parte da série começa com Penryn se preparando para abandonar o apartamento onde mora com a família, sua mãe e sua irmã, devido ao caos que está a humanidade depois da descida dos anjos até a terra. Os que deveriam ser os mensageiros de Deus estão, na verdade, destruindo o planeta e tratando a humanidade como lixo. Diante disso, os humanos sobrevivem como podem, estando reunidos em gangues ou não, e às vezes até roubando penas ou membros de outros anjos para venderem em troca de comida e algo do tipo.
     Ok, voltando à fuga de Penryn. Ela decide sair com a mãe e a irmã, Paige, à noite, horário que ela considera mais seguro pra achar outro abrigo. E assim elas vão. Penryn sai empurrando a cadeira de rodas de Paige pela rua, sua mãe atrás, até que avista uma pena caindo... depois mais uma... e é aí que um anjo branco cai num carro à sua frente, lutando com mais cinco outros. As três ficam paralisadas, mas um dos anjos repara nelas e sua mãe, apavorada, grita e sai correndo, deixando as filhas sozinhas. (Nesse momento eu fiquei com ódio mortal dessa mulher, mas depois a autora revela o drama familiar que todas viveram, e chego até a ficar com pena da situação.)
     Após sua mãe ir embora, Penryn assiste, aflita, aos outros anjos cortarem as asas do anjo branco. Ela até atira sua espada para ele para tentar impedir, mas o líder do grupo se irrita e leva Paige, sua irmã, como refém (é muita aflição pra um livro só!!!), o que deixa Penryn desesperada.
     Depois do sequestro, o anjo branco, chamado Raffe, é abandonado para sangrar até a morte, mas Penryn vai até ele e exige que a ajude a chegar ao covil angelical e salvar Paige (afinal, ele precisa costurar suas asas de volta, né? É aí que ela propõe um acordo). E, apesar de no início Raffe demonstrar uma vontade imensa de NÃO colaborar com ela, depois ele acaba cedendo sua ajuda. Juntos, eles avançarão ao covil dos anjos e poderão até descobrir o porquê desses seres estarem entre nós.
     E ah, leitores, posso fazer uma confissãozinha? Eu não estava tão afim de ler o livro, apesar de ele ser bem fino (279 páginas). Isso porque eu achei, de verdade, que fosse um livro leve com algumas cenas de ação, e que não me prenderia tanto assim (apesar de ter visto ótimas opiniões sobre a história, tanto aqui quanto na gringa), mas eu me enganei com-ple-ta-men-te. A autora criou uma obra FANTÁSTICA, cheia de sangue, mistério e ação, combinados com uma pitadinha de romance. Eu adorei, achei incrível e super diferente. E, como eu disse ali no início: alô alô, Galera Record, bora lançar o segundo livro!
     Além da capa ser maravilhosa também (foi o que me conquistou, pra ser sincera), a diagramação como um todo ficou impecável. A leitura, que já era pra ser agradável por causa da história, ficou ainda melhor. O exemplar é lindo e eu sinto orgulho de exibi-lo na minha estante
     Sendo assim, meus queridos, só me resta indicar essa incrível obra a todos vocês. Espero, de coração, que vocês tenham se interessado pelo livro, e desejo que vocês o comprem logo pra poderem ficar tão ansiosos quanto eu pela continuação! A história é ao mesmo eletrizante e apaixonante, e duvido alguém dizer que se decepcionou com ela. Enfim, LEIAM!
     Beijoquinhas, e até a próxima!

You Might Also Like

4 carinhos.

  1. Olá Maria, tudo bem?

    Anjos que sequestram uma cadeirante? Que intrigante! Acho que deve ser um daqueles livros que revolucionam a história dos anjos. Gosto muito de histórias assim, com mistério, ação e que nos deixam com gosto de quero mais.

    Anotei a dica, sua resenha está ótima <3.
    Beijos,
    http://queremosmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Maria!
    Gente, a premissa desse livro é diferente das outras dos livros de anjos caídos que estamos acostumados. Ele está ali, na lista de leitura, mas acho que vou esperar a editora lançar logo os outros. Não quero ficar na curiosidade hhahahha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mari!
    Não conhecia o livro, mas adorei o enredo e sua paixão pela história me fez querer ler ainda mais! Esse vou adicionar pra minha lista logo!
    Beijos!
    Borboletas de Papel | Fanpage

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Acho q meu problema é a história que ainda n me convenceu a colocar o livro na minha listinha, rs. Ainda n li muitas opiniões sobre o livro, mas se a maioria for positiva, provavelmente lerei. A capa é linda!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe um comentário, ele é importante pra nós. Mas primeiro, leia o post, por favor!

Obrigada!