[Resenha] O Código da Vinci

sexta-feira, fevereiro 07, 2014

O Código da Vinci, de Dan Brown, publicado pela editora Sextante com 423 páginas.

"De repente, era como se estivesse vivendo em alguma espécie de limbo naquela noite... Uma bolha, onde o mundo real não podia atingi-lo."


Um assassinato dentro do Museu do Louvre traz à tona uma sinistra conspiração para revelar um segredo que foi protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. A vítima é o curador do museu, Jacques Saunière, um dos líderes dessa antiga fraternudade - o Priorado de Sião - que já teve membros como Leobardo da Vinci, Isaac Newton, entre outros.
Momentos antes de morrer, Saunière consegue deixar uma mensagem cifrada na cena do crime que apenas sua neta, a criptógrafa Sophie Neveu, e Robert Langdon podem desvendar.
Os dois transformam-se em suspeitos e em detetives enquanto percorrem as ruas de Paris e de Londres tentando decifrar um quebra-cabeça que pode lhes revelar um segredo milenar que envolve a Igreja Católica.
Apenas alguns passos à frente das autoridades e do assassino, Sophie e Robert vão à procura de pistas ocultas nas obras de Da Vinci e se debruçam sobre alguns dos maiores mistérios da cultura ocidental - da natureza de Mona Lisa ao significado do Santo Graal.


Quem segue o ig @vidadeleitor sabe que esse é um dos meus livros favoritos. (Ou não). O Código da Vinci não só é um livro cheio de suspense e mistérios intrigantes, como é também, na minha opinião, a melhor história já escrita por Dan Brown. A narrativa é em terceira pessoa, mostrando o que acontece com todos os personagens e proporcionando uma leitura cheia de adrenalina do início ao fim.
Robert Langdon, um professor de Simbologia de Harvard, é um dos personagens mais bem elaborados da literatura mundial. Seu talento para desvendar enigmas que parecem impossíveis conquista os leitores de uma forma arrebatadora, além de tirar-lhes o fôlego.
Fascinante, divertido e genial, o livro é uma boa pedida para todos aqueles que gostam de histórias complexas e inteligentes.

You Might Also Like

0 carinhos.

Deixe um comentário, ele é importante pra nós. Mas primeiro, leia o post, por favor!

Obrigada!