[Resenha] Uma Carta de Amor

quinta-feira, novembro 19, 2015

Título: Uma Carta de Amor
Título original: Message in a Bottle
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Reader's Digest
Ano: 1999
Páginas: 576
Nota: ✰✰✰✰


"- O que está pensando? - ele perguntou. - Que nunca imaginei ser possível amar tanto alguém quanto amo você."


 
Semana passada eu comecei a escrever essa resenha quando chegou livro novo de parceria. Aí, eu comecei a ler agora e não entendi bolhufas do que eu estava falando. Então, vamos começar de novo.
   Essa minha edição do livro é de 1999, do Reader's Digest (eu também fiquei surpresa quando descobri como as histórias do Nicholas Sparks são antigas!) e adorei ter comprado nessa edição pois você acaba levando quatro "livros" em um só, por um preço baratinho (achei por menos de 10 reais nos sebos aqui da minha cidade). Das quatro histórias desse livro, só li "Uma Carta de Amor" porque acredito eu que cumpri uma das minhas metas do 2015 Reading Challenge.

   O livro conta a história de Theresa, uma escritora de coluna num jornal, divorciada e com um filho, que tira férias com a amiga Deanna e o marido da amiga em uma praia, enquanto o filho viaja com o pai. Em um belo dia de manhã, ela estava correndo na praia quando encontrou um garrafa na areia com uma carta dentro. Uma carta de amor. Ela abriu a garrafa e leu essa carta, chorando muito ao acabar. A carta era simplesmente linda e profunda.
Theresa, emocionada, mostrou a carta pra Deanna, que insistiu que a amiga publicasse a carta na sua coluna. Theresa não gostou muito da ideia, porém depois de muita insistência ela acabou aceitando e publicando a carta (retirando os nomes para manter sigilo) na sua coluna. E essa, com certeza, foi a matéria que o público mais amou. Ela recebeu inúmeras cartas e telefonemas, e nisso tudo, ela acaba descobrindo a existência de mais duas cartas que foram achadas em outros lugares do país.
Deannna, como normalmente são as amigas xeretas, após descobrir algumas pistas de quem seria o autor da carta e onde ele estaria, insiste que Theresa vá em busca dele, para conhecer o autor das cartas mais lindas que ela já leu.
Theresa então vai e conhece Garrett, o autor das cartas. E assim, sem querer, eles acabam se apaixonando um pelo outro.

   É uma história linda. Não sei nem como falar dela, pois me deixou chorando no final. É doce, é doloroso, é lindo. Dói como uma facada no peito, dói como perder um ente querido e é lindo como o amor eterno é.
As personagens que Nicholas desenvolveu são totalmente opostas (um exemplo, Theresa é segura e Garrett não) mas como diz o ditado: "os opostos se atraem" hehe. Torci muito pra esse casal ficar junto, mesmo com toda a distância e todas as diferenças. Fiquei tensa nas brigas, triste nos desencontros, feliz nos encontros e o fim... ah, o fim! Ele me deixou muito surpresa e chocada. Chorei o suficiente pra encher uma piscina olímpica. Eu realmente não esperava por aquilo, apesar de a maioria dos livros do Sparks terem um final com esse estilo (quem já leu alguma obra do autor, sabe bem o que eu estou falando hehe). Tudo foi muito bem escrito e não fiquei com dúvidas no final. No início, achei a história um pouquinho lenta por causa da forma como Nicholas Sparks escreveu toda a história, em terceira pessoa e tals. Ele é detalhado, e isso deixa o livro com um toque especial. Entre os livros que li do Sparks, esse é meu segundo favorito (nenhum jamais substituirá o amor que sinto por Diário de Uma Paixão, que foi o meu primeiro livro comprado, em 2011). Agora estou ansiosa pra poder assistir ao filme, que também foi lançado em 1999.
Enfim, eu gostei muito da história, do enredo, do espaço e das personagens e espero que vocês tenham gostado da minha resenha. Recomendo a todos que querem uma linda história de amor. Se você já leu, conte o que achou nos comentários. Sua opinião é muito importante pra nós! Beijos e até a próxima!

You Might Also Like

10 carinhos.

  1. Olá! Só li dois livros do Nicholas Sparks e gostei bastante, mas eles eram meio que uma mistura de romance e suspense (Um Porto Seguro e O Guardião). Não tenho muito interesse em ler as obras só de romance desse autor. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Que pena que você não tem interesse, são livros lindos!

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Natália!
    Sparks não faz muito o meu estilo, mas a minha mãe adora o filme inspirado nesse livro, rsrs. Tomara que vc goste da adaptação tanto quanto gostou da leitura :)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana! Também espero que eu goste hehe.

      Beijos!

      Excluir
  3. Olá,
    Não gosto muito dos livros desse autor, acho dramáticos demais e de uma forma que não me convence. Claro que isso vai totalmente contra a sua opinião, já que você parece gostar muito. Rsrsrs, mas gostei da resenha.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Inês!
      Pelo jeito ninguém gosta do Nicholas aqui, só eu hehehe. Sou uma fã de carterinha de livro dramáticos.

      Beijos!

      Excluir
  4. Oi Natália!
    Eu não consigo ler Nicholas Sparks. No início, eu até li alguns, mas depois começou a ter uma padrão em suas histórias, sempre tinha alguém que morria, finais tristes... aí eu desisti dele. Ver que alguém se empolga até me bate aquela curiosidade para saber se os livros continuam como uma 'receita de bolo', afinal, eu amo um drama, rs.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei esse livro lindo, mas ele ainda segue o padrão Sparks haha. Eu gosto, apesar de achar bem repetitivo.

      Beijos!

      Excluir
  5. Oii Natália, parece ser muito interessante esse livro e um romance meio inusitado haha, legal!
    Parabéns pela resenha e pelo blog, muito bom!

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! É mesmo um livro muito interessante!
      Fico feliz que você gostou da resenha e goste do blog!

      Beijos!

      Excluir

Deixe um comentário, ele é importante pra nós. Mas primeiro, leia o post, por favor!

Obrigada!