[Resenha] Desastre Iminente

domingo, maio 04, 2014

Desastre Iminente, de Jamie McGuire, publicado pela editora Verus, com 405 páginas.

 

"Agora que acabou, eu gostaria de ter todas as coisas ruins de volta... só para ter as boas também".


Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida: ame muito, lute mais ainda.
Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fim de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy...
Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la.



Segundo livro de uma trilogia (o primeiro livro é Belo Desastre e o terceiro ainda não foi lançado), conta a história de Belo Desastre, porém narrado pela visão do Travis.
Abby Abernathy muda de cidade para fugir da sua vida antiga, mas encontra Travis, que basicamente a leva para a mesma vida de antes. Com uma aposta, eles começam um relacionamento difícil e complicado. Travis é um bad boy assumido, tatuado, musculoso, e que gosta de pegar todas. Até que conhece Abby e se apaixona.
Em Desastre Iminente, nós vemos como esse romance se desenrola pelos olhares e pensamentos de Travis Maddox. Isso nos faz odiá-lo porque às vezes ele age de uma forma irresponsável e irritante. E também nos faz amá-lo, porque ele é durão por fora, e derretido por dentro, o que conseguimos perceber nesse livro. McGuire conseguiu criar um romance meloso mas perfeito, onde tudo se completa. 
Muita gente diz que Belo Desastre é o irmão caçula de 50 tons de cinza, o que eu discordo totalmente. Nunca li 50 tons, mas sei a história e seus detalhes, e Belo Desastre não se parece muito. Dizem que 50 tons é um livro erótico, e Belo Desastre apesar de ter umas partes quentes, trata mais sobre o amor, e não sobre relações sexuais. Fala sim sobre isso, mas não tão abertamente e "toda hora" como 50 tons de cinza (não que eu esteja julgando, respeito quem gosta, só estou fazendo comparações para a melhor compreensão, pois muita gente deve julgar Belo Desastre por isso).
Mas enfim, apesar de todos os defeitos, Jamie McGuire escreve uma série maravilhosa e que todos deveriam ler, porque é simplesmente lindo.

You Might Also Like

0 carinhos.

Deixe um comentário, ele é importante pra nós. Mas primeiro, leia o post, por favor!

Obrigada!