Tag: Copa de livros

quarta-feira, julho 02, 2014

Oi gente! Resolvi fazer uma tag, e a Estante da Ale postou uma bem legal hoje, a Copa de livros. Bem, é isso, vamos lá.

1. Escolha livros na sua estante que representem as cores da bandeira brasileira:




2. Festa da abertura:
É dia de festa, a alegria contagia a multidão e o clima de descontração deixa tudo mais leve. Com isso em mente, indique um livro leve e divertido pra entrar no clima da festa.


Eu sou o mensageiro, de Markus Zusak.
Sinopse: Conheça Ed Kennedy: taxista, patético jogador de cartas, um desastre no amor. Mora numa casinha alugada com seu cachorro viciado em café e está apaixonado pela melhor amiga. Seu dia-a-dia é uma rotina de incompetência, até que, sem querer, impede o assalto a um banco. Então recebe a primeira carta: um Ás. É quando Ed se torna o mensageiro...
Escolhido para socorrer, ele segue seu caminho na cidade ajudando - e machucando (quando necessário) - até que resta apenas uma questão: Quem está por trás de sua missão?
Eu sou o mensageiro é uma jornada enigmática repleta de humor, socos e amor.

3. Jogo de estreia:
É dia de estreia. Nervos à flor da pele. Você já estourou a pipoca, pegou o guaraná geladinho e o jogo nada de começar. A ansiedade já está atingindo o grau de máximo em sua escala. Quem é louco por livros também fica ansioso. Então me diga, qual é ou foi o lançamento mais aguardado por você em 2014?

O quinto livro do spin-off de Percy Jackson, O Sangue do Olimpo.
4. Narrador "Cala a boca Galvão", o famoso pé no saco:
Chegou o grande dia, porém o narrador do jogo é um porre. Quem nunca se deparou com uma narrativa arrastada e difícil de digerir? Qual foi o livro que tinha tudo pra ser cinco estrelas, porém a narrativa se tornou um problema?


A hospedeira, de Stephenie Meyer.
Sinopse: Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.
Minha opinião: Eu comprei esse livro com a expectativa acima da média, mas a narrativa da Stephenie não me conquistou... Tanto que eu parei o livro na página 200 (acredite, foi duro chegar tão longe). Se Deus quiser, vou voltar a ler ele e, quem sabe, terminar.

5. Eliminados na primeira fase:
Acabou a primeira fase e algumas seleções dão adeus ao sonho da Taça. Nem sempre um livro ou uma série nos convence logo nas primeiras páginas. Qual foi o livro, ou série, que você desistiu de ler ou abandonou a leitura logo no início?

Apesar de A hospedeira se encaixar nesse quesito, escolhi o livro abaixo.


Um pedido às estrelas, de Priscille Sibley.
Sinopse: Após um grave acidente, Elle sofre um trauma cerebral irreversível, mas em seu ventre cresce uma vida. Apesar da fragilidade da situação, há uma possibilidade de ela dar à luz o tão filho aguardado. No entanto, com a mesma força com que desejou um filho, Elle se opunha a manter uma vida artificialmente. Se ela pudesse decidir, o que falaria mais alto? Escrito com sensibilidade e compaixão, Um pedido às estrelas é uma emocionante história que levanta profundas reflexões sobre vida e morte, fé e ciência, e ilumina o poder do amor para ferir... e curar.
Minha opinião: A história é linda, nem sei ao certo por quê a abandonei... Mas cheguei a um ponto em que o livro começou a me entediar, e aí não teve jeito, deixei ele de lado mesmo.

6. O artilheiro da Copa:
O jogador que marca mais gols na copa é considerado o artilheiro. Para os que não sabem o jogador Ronaldo é o maior artilheiro de todas as edições da copa. O mundo literário também possui seus artilheiros, autores que batem um bolão em todos seus lançamentos. Qual é o autor que está batendo um bolão em sua opinião?


J. K. Rowling, com certeza! Admiro ela pelas histórias únicas e mágicas que ela escreve, pela sua vida e por tudo o mais que tem a ver com ela! É uma das minhas autoras preferidas, e espero que continue sendo por muitos e muitos anos.

7. A zebra da Copa:
Futebol é uma caixinha de surpresas, e alguns resultados inesperados são considerados como "zebra". Isso aconteceu em 1986 onde a seleção da Argentina, mesmo com o Maradona em campo, foi surpreendida pela seleção de Camarões, e perdeu o jogo por 1 a 0. No mundo literário sempre nos surpreendemos também. Qual foi o livro que você não dava muita bola que acabou ganhando seu coração?


O Caçador de pipas, de Khaled Hosseini.
Sinopse: O romance narra a tocante história da amizade entre Amir e Hassan, dois meninos que vivem no Afeganistão da década de 1970. Durante um campeonato de pipas, Amir perde a chance de defender Hassan, num episódio que marca a vida dos dois amigos para sempre. Vinte anos mais tarde, quando Amir está estabelecido nos Estados Unidos, após ter abandonado um Afeganistão tomado pelos soviéticos, ele retorna a seu país de origem e é obrigado a acertar as contas com o passado. 
Minha opinião: Enrolei muito pra ler esse livro, e quando o li me arrependi de ter demorado tanto tempo pra conhecer uma das histórias mais emocionantes e lindas da minha vida.

8. A grande final:
Duas grandes equipes se destacaram, lutaram e chegaram a final. Porém somente um capitão vai poder levantar a taça e gritar é campeão. Ao segundo colocado cabe amargar a tristeza da derrota. Para simbolizar a tristeza, escolha um livro que te fez chorar ou te emocionou muito.


Sinopse: Lou clark sabe uma porção de coisas. Ela sabe quantos passos separam sua casa do ponto de ônibus. Sabe que adora trabalhar como atendente em um café e sabe que provavelmente não ama seu namorado, Patrick. O que Lou não sabe é que está prestes a perder o emprego, e que isso a obrigará a repensar toda sua vida.
Will Traynor, por sua vez, sabe que o acidente com a motocicleta tirou dele a vontade de viver. Ele sabe que o mundo agora parece ser pequeno e sem graça, e sabe exatamente como vai dar um fim a tudo isso. O que Will não sabe é que a chegada de Lou vai trazer de volta a cor à sua vida.
E nenhum deles desconfia de que esse encontro irá mudar para sempre a história dos dois.

9. E para finalizar a Tag, escolha o melhor livro lido em 2014:


Divergente, de Veronica Roth.
Eu amodorei o livro, que é em minha opinião o melhor da trilogia.


Então, essa foi a minha Copa, hehe. Se gostaram da tag, façam também, é super divertido!
Até a próxima, xoxo.

You Might Also Like

4 carinhos.

  1. Adorei a tag e as respostas! Acho que vou até fazer lá no blog se não tiver problema :)
    J.K. Rowling é diva sempre, Divergente também é tudo de bom s2. Também estou infartando para ler logo O Sangue do Olimpo, esse ano eu vou falir kkk.

    Beijos e até a próxima!

    http://historiasdeumaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faça sim, sem problema!
      Concordo com você, vou falir esse ano (se é que já não fali) hehe
      Bjs!

      Excluir
  2. Essa Tag é demais!! Também estou contando os dias para o lançamento de Blood Of Olympus, chega o natal, mas não chega Outubro KKK. Só Divergente, que eu tbm li esse ano e não que eu tenha achado ele ruim, mas de todos os livros que li de janeiro ate agora, ele foi o que menos curti =/ Enfim...

    Abraços
    http://des-construindooverbo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, tá demorando tanto pra lançar BOO que eu to começando achar que é outubro do ano que vem KKKK
      Beijos

      Excluir

Deixe um comentário, ele é importante pra nós. Mas primeiro, leia o post, por favor!

Obrigada!