[Resenha] Anna e o Beijo Francês

quinta-feira, janeiro 16, 2014

Bom, pra inaugurar bem o blog, vou fazer a primeira resenha e de um livro superfofo.
Anna e o Beijo Francês, da autora Stephanie Perkins, publicado pela editora Novo Conceito, com 288 páginas.

 "É possível que lar seja uma pessoa e não um lugar?"



“Isto é tudo o que sei sobre a França: Madeline, Amélie e Moulin Rouge. A Torre Eiffel e o Arco do Triunfo também, embora eu não saiba qual a verdadeira função de nenhum dos dois. Napoleão, Maria Antonieta e vários reis chamados Louis. Também não estou certa do que eles fizeram, mas acho que tem alguma coisa a ver com a Revolução Francesa, que tem algo a ver com o Dia da Bastilha. O museu de arte chama-se Louvre, tem o formato de uma pirâmide, e a Mona Lisa vive lá junto com a estátua da mulher sem braços. E tem cafés e bistrôs — ou qualquer nome que eles dão a estes — em cada esquina... Não é que eu seja ingrata, quero dizer, é Paris. A Cidade Luz! A cidade mais romântica do mundo.” Anna Oliphant não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris, já que seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, uma melhor amiga fiel e um namoro prestes a acontecer. Mas, ao chegar a Paris, Anna conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito. Só que Etiénne, além de tudo, tem uma namorada... Anna e Etiénne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês?


Anna e o Beijo Francês é o romance de estréia de Perkins, e sua escrita é suave e muito boa. O livro é em primeira pessoa, o que nos dá maiores proporções sobre os sentimentos de Anna sobre mudar de país, cidade e mudar de vida também. 
Esse livro é um livro rápido e gostoso de ser lido, e a cada página virada, dá vontade de ler mais e mais e não parar nunca. As palavras são fáceis de entender, e a história também, e além de tudo é um livro divertido e fofo.

A história me encantou desde o início e superou minhas expectativas. Anna vai para a Cidade Luz, Cidade do Amor, e conhece um garoto lindo, fofo, romântico e divertido e não tem como não torcer para eles ficarem juntos. Eles descobrem uma grande afinidade, e se tornam melhores amigos, e aí complica tudo, porque St. Clair tem uma namorada. Isso deixa Anna meio triste, mas mesmo assim ela não deixa de se divertir com seus amigos, e ter aventuras que se desenrolam no decorrer da história. 

Recomendo esse romance para todos que querem um livro divertido, fácil e romântico.

You Might Also Like

2 carinhos.

Deixe um comentário, ele é importante pra nós. Mas primeiro, leia o post, por favor!

Obrigada!