[Resenha] Quem é você, Alasca?

sexta-feira, janeiro 17, 2014

Quem é você, Alasca? do autor John Green, publicado pela editora WMF Martins Fontes, com 229 páginas.




"Passamos a vida inteira no labirinto, perdidos, pensando em como um dia conseguiremos escapar e em quanto será legal. Imaginar esse futuro é o que nos impulsiona para a frente, mas nunca fazemos nada. Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente".

Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras - e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Assim, vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguardava em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez".


Pelo que me parece, esse livro é a estréia do nosso querido e renomado autor John Green. A maioria de seu público, prefere "A culpa é das estrelas" por ser um romance incrível (o que realmente é, mas não é o caso agora) mas "Quem é você, Alasca?" simplesmente vence em melhor livro do Green. Esse livro relata sobre como uma vida tem impacto sobre a outra, é um livro que faz pensar, e até rir no final. No início, parece ser meio tedioso, chatinho, mas com o passar das páginas, enquanto você conhece Alasca e Miles e todo o resto, esse livro se torna magnífico. Green reserva o melhor para o final. E nos laça com seu jeito de escrever.
John Green me surpreendeu com esse livro, ele é impactante, nos faz pensar sobre tudo ao nosso redor. Ele fala da vida, da morte, de religião e tudo mais. É esplendido. Realmente recomendo à todos que querem algo profundo e brilhante, e espero que todos leiam esse livro antes de morrer.


Outra edição de "Quem é você, Alasca?"
"Buda diz que o sofrimento é causado pelo desejo e que a suspensão do desejo implica a suspensão do sofrimento. Se pararmos de desejar quer as coisas perdurem, não iremos sofrer quando elas desmoronarem".

You Might Also Like

0 carinhos.

Deixe um comentário, ele é importante pra nós. Mas primeiro, leia o post, por favor!

Obrigada!